Literatura · Resenhas

[RESENHA] O Estranho Caso do Yoda de Origami

20170704_093039

DOUG É UM GAROTO MUITO, MUITO ESTRANHO.

Ele sempre faz coisas esquisitas, como usar a mesma camiseta durante um mês, dançar feito maluco e se deitar no chão da biblioteca. Isso é constrangedor, principalmente para Tommy, que passa o recreio com ele todos os dias.
Por outro lado, Doug faz uma coisa muito legal: origamis. Um belo dia, ele cria um dedoche de origami do Yoda, o sábio personagem da saga Guerra nas estrelas. E aí tem início um grande mistério.
O Yoda de Origami prevê o futuro e sempre sabe como lidar com uma situação difícil. Seus conselhos funcionam mesmo e logo a maioria dos alunos da escola está fazendo fila em busca de soluções para seus problemas.
Tommy não entende como o Yoda de Origami pode ser tão sagaz se o Doug é tão sem noção. Será que o Yoda está usando a Força? Tommy precisa resolver esse mistério antes de aceitar seu conselho sobre uma garota.
Este é o relatório que Tommy preparou ao investigar O estranho caso do Yoda de Origami. Para torná-lo imparcial, ele incluiu os comentários de Herbert, um colega que nunca acreditou no Yoda de Origami. Também pediu a opinião de Kevin, que só fez uns rabiscos em volta do texto.
Veja como ficou!

Continue lendo “[RESENHA] O Estranho Caso do Yoda de Origami”

Sem categoria

8 coisas que você NUNCA deve dizer a um vegetariano

Olás!!

Primeiro quero deixar bem claro que o objetivo desse post NÃO é converter ninguém ao vegetarianismo PELO AMOR DE DEUS!! Quero apenas demonstrar as situações que são insuportáveis para quem optou por esse tipo de alimentação.

Cortei totalmente qualquer tipo de carne da minha alimentação há mais de 3 meses e foi a melhor coisa que eu poderia fazer POR MIM MESMA. Os resultados estão sendo ótimos na minha vida – e perceptíveis pelas pessoas ao meu redor.

Sem mais delongas….

Continue lendo “8 coisas que você NUNCA deve dizer a um vegetariano”

Literatura · Resenhas

[Resenha] As memórias do holocausto de meu pai

4-lancamento-holocausto-custom-240x380

O pai escreveu suas memórias, o filho quis preservá-las e publicou em seu blog. E o título da postagem no blog ficou para o livro. Joseph Rosenbaum é o pai. Philip é o filho. Formou-se uma corrente de amor e o livro, escrito em inglês, ainda inédito por lá, está publicado por aqui em português. Preservar e nutrir os laços afetivos, que são o sustento da vida. Fazer pelo outro, cuidar do outro, impelido por algo maior. Sacrifícios, atos de entrega, de coragem, de dedicação, de cuidado. As pedras que constroem edifícios eternos, em encaixes perfeitos. Ao lado da crueza e da loucura, no contraste, parecem maiores ainda. Em cada ato de crueldade está presente a cegueira. Quando há luz, o ser humano é incapaz de fazer o mal. Chocados diante desses atos, será que temos coragem de olhar para dentro de nós e vermos onde está o reflexo disso em nosso íntimo? Tantos e tantos relatos do Holocausto repetem a mesma missão: lembrar para não repetir. Para que não aconteça de novo. Mas existem outros tantos holocaustos que acontecem na surdina, e ninguém vê. Acontecem holocaustos particulares dentro dos lares. Abafados, medrosos, tão destruidores quanto. E as marcas também são carregadas pela vida toda.

Continue lendo “[Resenha] As memórias do holocausto de meu pai”

Literatura · Resenhas

[RESENHA] Invisível

Invisivel

“Stephen passou a vida do lado de fora, olhando para dentro. Amaldiçoado desde o nascimento, ele é invisível. Não apenas para si mesmo, mas para todos. Não sabe como é seu próprio rosto. Ele vaga por Nova York, em um esforço contínuo para não desaparecer completamente. Mas um milagre acontece, e ele se chama Elizabeth.
Recém-chegada à cidade, a garota procura exatamente o que Stephen mais odeia. A possibilidade de passar despercebida, depois de sofrer com a rejeição dos amigos à opção sexual do irmão. Perdida em pensamentos, Elizabeth não entende por que seu vizinho de apartamento não mexe um dedo quando ela derruba uma sacola de compras no chão. E Stephen não acredita no que está acontecendo… Ela o vê!
Stephen tem sido invisível por praticamente toda sua vida – por causa de uma maldição que seu avô, um poderoso conjurador de maldições, lançou sobre a mãe de Stephen antes de ele nascer. Então, quando Elizabeth se muda para o prédio de Stephen em Nova York vinda do Minnesota, ninguém está mais surpreso do que ele próprio com o fato de que ela pode vê-lo. Um amor começa a surgir e quando Stephen confia em Elizabth o seu segredo, os dois decidem mergulhar de cabeça do mundo secreto dos conjuradores de maldições e dos caçadores de feitiços para descobrir uma maneira de quebrar a maldição. Mas as coisas não saem como planejado, especialmente quando o avô de Stephen chega à cidade, descontando sua raiva em todo mundo que cruza seu caminho. No final, Elizabeth e Stephen devem decidir o quão grande é o sacríficio que estão dispostos a fazer para que Stephen se torne visível – porque a resposta pode significar a diferença entre a vida e a morte. Pelo menos para Elizabeth…”

Continue lendo “[RESENHA] Invisível”

Literatura · Resenhas

[RESENHA] Aristóteles e Dante descobrem os segredos do universo

download

“Dante sabe nadar. Ari não. Dante é articulado e confiante. Ari tem dificuldade com as palavras e duvida de si mesmo. Dante é apaixonado por poesia e arte. Ari se perde em pensamentos sobre seu irmão mais velho, que está na prisão. Um garoto como Dante, com um jeito tão único de ver o mundo, deveria ser a última pessoa capaz de romper as barreiras que Ari construiu em volta de si. Mas quando os dois se conhecem, logo surge uma forte ligação. Eles compartilham livros, pensamentos, sonhos, risadas – e começam a redefinir seus próprios mundos. Assim, descobrem que o amor e a amizade talvez sejam a chave para desvendar os segredos do Universo.”

Continue lendo “[RESENHA] Aristóteles e Dante descobrem os segredos do universo”

Literatura · Resenhas

[RESENHA] Seis Anos Depois

20170426_184301

“Jake Fisher e Natalie Avery se conheceram no verão. Eles estavam em retiros diferentes, porém próximos um do outro. O dele era para escritores; o dela, para artistas. Eles se apaixonaram e, juntos, viveram os melhores meses de suas vidas.
E foi por isso que Jake não entendeu quando Natalie decidiu romper com ele e se casar com Todd, um ex-namorado. No dia do casamento, ela pediu a Jake que os deixasse em paz e nunca mais voltasse a procurá-la.
Jake tentou esconder seu coração partido dedicando-se integralmente à carreira de professor universitário e assim manteve sua promessa…durante seis anos.
Ao ver o obituário de Todd, Jake não resiste e resolve se reaproximar de Natalie. No enterro, em vez de sua amada, encontra uma viúva diferente e logo descobre que o casamento de Natalie e Todd não passou de uma farsa.
Agora ele está decidido a ir atrás dela, esteja onde estiver, mas não imagina os perigos que envolvem procurar uma pessoa que não quer ser encontrada”

Continue lendo “[RESENHA] Seis Anos Depois”

Literatura · Resenhas

[RESENHA] A Garota no Trem

20170416_100204“Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas-d’água, pontes, casebres e aconchegantes casas vitorianas.
Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número . Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Jason -, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes do trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida.
Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos.”

Continue lendo “[RESENHA] A Garota no Trem”